Eu já sei quem é...

Sabe o misterioso cara que apareceu na época das eleições da reitoria dando seus palpites e opiniões sobre a UFSC?






Eu já sei quem está por trás disso. Querem saber também?

HUFSCotidiano (17)

Querido diário,

Faz tempo que não passo por aqui né? Sabe de quem é a culpa? Dos malditos professores que acham que eu só coço o saco o dia todo e me entopem de trabalhos e provas o tempo todo, fora a orientadora do TCC me infernizando a vida e mais outras coisas. E eu achando que passar no vestibular era difícil... Difícil é aturar essas aulas chatas e, ainda por cima, ter que se matar depois delas. Sério, quando eu chego no corredor do CSE, que agora mais parece um corredor de hospital com aquele chão pintado e brilhante, e vejo pela janela que o professor maldito tá com aqueles slides porcos me dá até uma coceira.

Bom, mas a UFSC tem suas coisas boas. Uma delas acabou de acabar - a Recepção Integrada. Depois de uma Cervejada louca do cacete (com seu ponto alto no MEME TIME, onde todo mundo ficou simplesmente retardado), a Gincana (onde a Administração ganhou pela 4ª vez consecutiva e eu fui, mais uma vez, acusado de ladrão) e o Camping (que me deixou com dores musculares e uma cara de ressaca monstruosa no trabalho), tudo correu bem, na medida do possível. Olha diário, eu já deveria ter largado isso faz tempo... Tô na 7ª fase (teoricamente) e faço isso desde a 1ª, mas não consigo. Quando começa o semestre me dá um troço e eu tenho que ajudar em alguma coisa... Fico estressado, arrependido de ter me metido mais uma vez, mas no fim fico feliz. Eu sei, diário, eu sou louco.

Depois disso eu lembro que teve as eleições do DCE. Lancei campanha pela Chapa Cera de novo, meio em cima da hora e sem tempo, mas era questão de justiça, sabe... Quando vi que eram as mesmas chapas de sempre pensei "Puta merda, viu! De novo?".

De um lado aquela chapa de três anos atrás, boring, horizontal, e blá blá blá whiskas sachê com aquela ladainha e ramerame de sempre, com o tal do "novo movimento estudantil", usando "nomes criativos" e cores berrantes pra fazer a gente sentir vergonha alheia.

Do outro, a oposição, a esquerda da esquerda, a reencarnação do MR-8, o Che Guevara com crise de gastrite, o Stalin depois de um chute no saco, os sempre colorados Vez e Voz, aliás, Voz Ativa (eta criatividade pra nome, hein).

Sem opções novas, os estudantes ainda contavam com a dupla chapa 3 (manobra da Comissão Eleitoral para confundir o eleitor): Chapa Cera e Chapa do Cenoura, em uma parceria inédita.

Lógico, não faltaram acusações. Pelego pra cá, golpe pra lá, gente que teria votado mais de uma vez, gente que dizia que tinha conquistado o aumento da bolsa-permanência, que tinha conquistado o novo RU, que tinha feito boca de urna em Joinville, que tinha ampliado o número de peguetes na sua lista...

No fim, depois de terem esperado, embaixo de chuva, os votos de Curitibanos virem até Floripa pra poderem abrir as urnas pra apuração (em plena era digital), o resultado foi mais uma zebra na política da UFSC: chapa 2. Sim, diário, não deu mais pra chapa de sempre. A "maçonaria" do DCE, enfim, caiu.

O que isso muda na minha vida? Absolutamente nada. Continuarei estudando feito um cavalo, bebendo feito um porco e reclamando feito uma velha. O poder à Voz, e a nós, o mesmo de sempre.

O fato é que a UFSC continua aos seus trancos e barrancos. Depois de uma guerra entre Departamento de Economia x CALE, x Monitoria x CARI, os CAs do CSE conseguiram lugares provisórios. Sabem aquelas salinhas de limpeza nos cantos do bloco? Então, vão ser ali. Dizem que o CALISS já está se sentindo em casa.

E dia 10 temos a posse da nossa Dilma. Quem vou comer salgadinho? Preciso emagrecer...