Parabéns!

As Estudantes de Nutrição estão em festa!
Todas aproveitando o solzão na beira da piscina e curtindo a sua vida saudável como nunca.

Afinal, hoje é um dia muito especial!

Meninas, podem comemorar. Mas vão com calma no Chá com Cuca, ok?


Um forte abraço a todas! Mas não tão forte porque senão pode haver algum estrago...


Hoje também é o Dia do Blog. Aproveito para agradecer a todos que perdem seu tempo lendo e comentando sobre as bobagens que aparecem por aqui. Em pouco tempo de vida temos mais de 11900 acessos. Mesmo assim, se esforcem (porque sei que não é fácil) e continuem visitando, pois teremos muita coisa pela frente!

Em breve

Vem aí a maior campanha estudantil já vista na UFSC.

E você apoiará essa causa.



Aguardem...


Informes HUFSC: Cervejada CSE-CCJ

Sério, eu não aguento mais beber! Churrasco todo fim de semana, barzinho durante a semana... Não contentes os CAs do CSE e CCJ (aliás, quase todos) prepararam a...



Claro que você não vai querer ficar de fora, não é? Então corra já em um dos CAs participantes e garanta a sua pulserinha e caneca!

E, se puder, faça como eu: garanta a folga no dia seguinte no trabalho. \o/

O Roubo das Sebes

Oiiiiiiii gente amigaaaa! Olhããã, maaais um caso (ãããã) de políciaaa. Essa UXQUI tá uma doidera! É oooooo segundo (ãããããã) crime em menos de um ano. O fio desencapado (ãããã) roubou as sebes, ou cerca-viva como diz o manezinho (ãããã) no último Happy Hour (pausa) do Centro Sócio Econômico! (ãããã) A polícia (éééé) já está trabalhan-do noooo caso.

Quem diria, o segundo crime da UFSC em 2010. Depois do Assassinato do Pato Branco, agora levaram embora as sebes do CSE. É fácil concluir que o ato foi feito por um profissional, dado ao fato dos cortes terem uma precisão cirúrgica. Nunca mais poderemos enfeitá-las com latinhas de cerveja nas festas, ou nos jogar nelas quando estivermos bêbados. Era tão legal...

Mais uma vez a equipe do HUFSC está investigando o caso e levantamos alguns suspeitos. Mais uma vez, é você quem nos ajudará, dando sua opinião:


ESTUDANTES DE NUTRIÇÃO
Cansadas da dieta de Chá com Cuca, elas teriam pego as sebes para complementar a sua nutritiva alimentação de carrelouro e estrogonervo.




THIAGO DO RI
Presidente do Centro Acadêmico de Relações Homossex... ops, Internacionais, ele é vegetariano assumido. Revoltado com os lanches do Assim & Assado, teria caído de boca nas moitas.




COZINHEIRA DO RU
Com o REUNI à mesa e cada vez mais calouros chegando, uma servidora da UFSC teria pego as sebes para complementar o cardápio, uma vez que a batata palha havia acabado.




CAMILA DENTES
Conhecida estudante de Administração e Design no IFSC, está no Guinness Book por possuir a maior arcada dentária do mundo. Meio que sem querer, ela estaria entediada no último Happy Hour, bocejou e as sebes sumiram.



MACONHEIRO DO CFH
Na falta da erva no mercado e já muito louco com a cerveja do Happy Hour na cabeça, o bicho grilo teria fumado todas as sebes até dar pira.




CINTRA
Estudande de Administração, ele já foi suspeito do Assassinato do Pato Branco. Todos do curso sabem que se alguma coisa acontece de errado, a culpa é sempre dele.






Agora é sua vez! Pesquise bem e dê seu voto na enquete ao lado.
Até porque aqui, no final, Você Decide.

HUFSCUS CENSUS

Vamos à divulgação de mais um HUFSCUS CENSUS. O objetivo desse espaço é conhecer melhor o público de leitores dessa joça que chamam de blog.

Dessa vez tivemos quatro perguntas de assuntos diversos. Confira os resultados:



Observem a perspicácia dos nossos leitores, que responderam Não (26). Mesmo não respondendo enquetes, continuaremos a criar mais e mais até que desistam de verdade.



Happy Hours (27) e Cervejada (25) já eram esperados, afinal são tradicionais. Mas cada vez mais a promiscuidade tem tomado conta de nossos jovens, buscando o submundo dos entorpecentes e da prostituição. Por isso temos logo em seguida as Dorgas (20) e a Putaria (19). TÁ AMARRADO 3X!!!

Outro dado interessante é o 5º lugar do Trote Sujo (16). Muitos cursos baniram e praguejam contra, mas já sabemos inclusive de alunos de outros cursos implorando para entrar na brincadeira. Seria essa a mudança dos ventos?

Se fosse fazer a enquete hoje de novo, incluiria Camping (16) e Mulheres Nuas (15) na mesma opção.



As férias já acabaram, mas essas respostas servem para se ter uma noção das próximas. O badalado Meu Escritório (20) está empatado com o novato CSC (20). Já o put... cof, cof, Boite Chic 1007 (19) caiu no agrado dos acadêmicos de LUTA e conquistou o 3º lugar.

Qual o lugar mais sagrado: O Anexo do CSE (17) ou a Igreja (17)? Não se sabe, mas pelo menos podemos ver que os dois são bem visitados enquanto os alunos não estudam (e quando é que eles estudam?).

E como não somos machistomofóbicos, colocamos as opções coloridas (não, não tô falando de Restart) na enquete e percebemos que a Jivago (10) e a Concorde (8) são mais frequentados que o Xande Lanches (5), o Pida (4), a Life Club (4) e o Bar da Nina (3) juntos! Agradecimentos ao Thiago (RI) e Heitor (Contábeis).



Por fim, depois de um sumiço repentino, decidimos incluir essa pergunta no blog. Poucos votaram, mas os que o fizeram tinham a absoluta certeza: Casou com o LF (5). Parabéns aos noivos!


Aproveite a vote na nova etapa do HUFSCUS CENSUS, no menu ao lado. Ou não.

Informes HUFSC: ADM volta às aulas com Happy Hour!

Quer ter histórias pra contar por algumas semanas? Colocar a fofoca em dia? Encher a cara e chegar de ressaca na aula ou trabalho no dia seguinte de forma rápida, agradável e barata?

Então não perca!


Se beber, não dirija.
E me chama.

Eu já sabia!

E-mail enviado na lista do CEB em 17/08/2010


...

E-mail enviado por uma caloura em 13/08/2010










Duvida?
Clique aqui.







HUFSCotidiano (7)

Começaram as aulas!
AAAAAAAAAHHH!

E é por isso que não tive muito tempo de postar aqui. Mas não se preocupem: ninguém jogou a história do HUFSC fora, isso seria muita falta de respeito!

Com as aulas conhecemos velhos problemas e novos professores, mas vieram coisas boas também. Calouros chegaram, festas voltaram e com elas as suas histórias esquisitas.

Depois do Churrasco de Recepção dos Calouros 2010.2, a vida acadêmica começou de verdade. Claro, todos sabem como funciona a vida acadêmica no início de semestre: vai pra sala, responde a chamada, corre pro Pida. Mas isso tem mudado gradativamente, e as antigas noites do Pida já não são como antigamente. Na verdade todos vão pra lá porque todos vão pra lá. Não entendeu?

- Onde vai ser a boa hoje?
- Ah, acho que todo mundo vai pro Pida...
- Mas vai tá bom?
- Ah, acho que não, mas todo mundo vai pra lá.
- Hum... Pois é, que saco... Vou pra lá então.

E assim foram as primeiras noites na praça Santos Dumond: todo chegavam, bebiam um pouquinho porque lá a cerveja é cara pra canário, conversavam e iam embora. Só. As antigas noites no Pida nunca mais voltarão, até porque há um posto policial sendo instalado ali. E agora???

No começo das aulas também acontecem as apresentações dos Centros Acadêmicos aos calouros. Isso não costuma render muitas histórias, mas já percebi que esse semestre promete:

- Olá pessoal! Eu sou o Michereff, esse é o Ferrera, a Mayumi e a Karen. Nós somos do CAAD. - Nisso uma caloura levanta a mão, toda empolgada.
- O pessoal do CAAD é solteiro?
-

Mas essa caloura, a "Fernanda", deu muito o que falar depois, principalmente nas festas. Vocês vão ouvir mais dela.

Como nós havíamos anunciado antes, na segunda-feira a reitoria promoveu o Carrelouro: o carreteiro de calouro. Todos foram ao Elefante Branco e se fartaram das paneladas e paneladas de arroz com carne ufscanina. Tudo muito bom e farto. Mas... Adivinhem qual era a comida do RU na terça? Carreteiro, óbvio, requentado e com peixe frito [?]. RU: a melhor opção para você, sempre.

O acadêmicos que participam da lista do CEB agradeceram que as aulas começaram. Tudo estava tão sem assunto que a bola da vez era a polêmica mudança da bandeira de Malawi. Como as aulas começaram como mudanças, incluindo a taxa de FI, as discussões sem fim e nexo voltaram, revelando que tudo voltou ao normal. O cult agora é falar mal do DCE na lista; se essa moda vai durar eu não sei, mas as gargalhadas (dos dois lados da força) são sempre garantidas.

Já tivemos também o Happy Hour da Recepção Integrada CSE-CCJ, uma das maiores festas da UFSC. Começamos aos som oficial da Recepção, "Via Expressa", da banda Banho Maria (formada por alguns alunos das Ciências Contábeis). Depois a festa ficou nas mãos do já residente DJ Alex.

O centro das atenções, mais uma vez, foram os calouros, mas algumas meninas dando em cima dos seguranças também merece destaque. A caloura "Fernanda" foi a primeira a subir no palco (o muro do Assim & Assado) para dançar freneticamente, antes de todos participarem de uma roda de Créu. No final, alguns veteranos deram segundinhos de uma vodca ruim pra cacete (de plástico, diga-se de passagem) até alguns calouros se sentirem livres o suficiente para dar em cima de veteranas. Claro, não conseguiram nada.

Na sexta-feira também rolou um churrasco [?] para os calouros ali, no Campeche. Estava muito frio, mas a cerveja estava quente. Fora isso, a galera também esquentou pelo clima de azaração, o narguile do Caio de novo e a vodca (dessa vez de vidro, pelo menos) na guela (dos calouros). O calouro Paulo aguentou a Trilogia da Amizade até que tranquilamente, eu diria, mas toda ação tem uma reação: em menos de meia hora ele estava vomitando em um canto da casa. As coisas se mantiveram quentes, inclusive a cerveja, e lá pelas quatro da manhã foi o fim da festa, pelo menos para a minha memória.

No sábado, mais frio ainda, presenciamos a Calourada, a festa de recepção do DCE. Na verdade eu não tenho muito o que dizer sobre isso, porque não me empolguei muito com a festa, a não ser pela briga de um carinha com um outro cara que mais parecia a Maria Bethânia. Sim, o público estava estranho, parecido com o 1007 (opa, isso é machistomofóbico!).

Para quem acha que tudo está acabando, é só o começo. Teremos Happy Hours, Cervejadas, Gincanas, Camping... Mas dessa vez tudo será bem melhor acompanhado (se os professores aliviarem um pouco, porque tá soda).

Aguardem...

Que sala é essa? (2)



Pega o labirinto do CFM, vira à esquerda, depois à direita, depois à direita, à esquerda, vixi... Me perdi!

Uma caloura, muitas dúvidas


E eu sempre achando que DCE era outra coisa...

Significa (5)


Um acabou de se formar. O outro está quase.
Ronnie Von... Essa dupla significa?








Não entendeu?
Clique aqui.

Churrasco de Recepção dos Calouros 2010.2

- Ei! Vamos jogar? - disse o Joel, do Direito.
- Hum... Ok!
- Quero ver você adivinhar onde tem um calouro da ADM por aqui. - A veterana olhou para todos os lados e não viu nada além do estacionamento, a velha Ação Júnior e algumas moitas.
- Hum... Não tô vendo...
- Olha bem! - Ela tornou a olhar em volta com mais atenção, até que viu um pequeno par de pés saindo de trás de uma moita. Era o calouro.


Primeira festa do semestre! Depois de pouco mais de um mês de férias, lá estavam os veteranos para se rever e conhecer os calouros. Sempre ocorrem coisas diferentes, apesar de muita coisa continuar igual. Mas a maior surpresa mesmo aconteceu enquanto preparávamos as coisas do churrasco.

Estávamos lá cortando a carne, enquanto o Ferrera as temperava (anotem isso: "É claro que eu sei cozinhar! Que pergunta...") e mais alguns descarregavam o gelo quando olho pra trás e vejo simplesmente o Ricardo, diretor do CSE, e o Álvaro Prata, Reitor da UFSC, ali no anexo. Pelo que entendi, ele foi mostrar as novas divisórias e explicar sobre o projeto que tem para a área: demolir tudo e contruir salas pros CA's e uma área de festas. O pessoal do CCE podia dar uma ideia pro Felício, né? Gente boa pra canário...

Depois um breve papo com os caras, convidamos-os para o churrasco (como manda a velha e boa educação) e voltamos ao trabalho. E assim que terminamos de arrumar tudo esperamos os calouros chegar. Depois de uma hora de espera aparece um perdido, o que chamou o Diego de gente boa na comunidade. O nome dele é Felipe, mas a Ana Carla chama ele de goiaba. Bom, a comunidade esse semestre não bombou como de costume, e por isso a público foi reduzido. Eu disse o público, não a bebedeira.

O pessoal foi chegando, chegando, começando a beber, quando algumas meninas já estavam doidas. Não vou dizer o nome, mas fica fácil saber quem foi: nessa hora tínhamos a Mayumi, a Camila e a Karen. A Camila tinha saído e a Karen estava cuidando dos pagamentos. Sim, senhores, essas eram as três mulheres no churrasco. Aliás, depois chegaram mais, mas tinha gente me perguntando se por engano não tinha entrado num churrasco do CTC. Sério.

Bebida liberada! Todo mundo se servindo de gummy, cerveja, vodca... Faltava algo. Sim! Onde estiver um calouro ainda vivo, ele estará lá! O grandioso, alucinógeno, maravilhoso, proparoxítonaaaaaa...

OOOOOOHHHHHH!!!


"Se o calouro que ser o nosso amigo, ele vai ter que beber de uma vez! Ala arriba, ala bajo, ala centro! Agora vai, vai, vai... ". Havia poucos calouros, mas o suficiente para começar a brincadeira. Como sempre, tem o calouro que pede mais! O Ricardo pediu pra dividirem com ele a garrafa, mas no fim acabou bebendo sozinho. Tá difícil alguém bater o Renato, calouro de 2009.2, com seus intermináveis segundinhos de maraca. Aliás, os calouros bebem cada vez menos! Antes fazíamos com todos a Trilogia da Amizade (ou seja, para quem não entende, três vezes) com vodca; hoje fazem míseros 10 segundos com maraca. LAMENTÁVEL.

Mas mesmo assim tem gente que morre. Foi nessa que um calouro, o Justin Bieber, ficou com vergonha de passar mal na frente dos outros e se escondeu atrás da moita. Falando em fazer coisas escondidas, outras nem tantas assim, óbvio que cachaça na cabeça leva alguns corações solitários a buscarem companhia. Só não vou tentar descrever a rede social que se formou naquela noite porque é mais confuso do que fiação elétrica de favela.

O último calouro se deliciava do manjar amarelo dos deuses quando quem aparece? (Tchã tchã tchã tchããã...) - O Ricardo, diretor do CSE. E não é que ele aceitou o convite? Sorte nossa que ele não viu a brincadeira do maraca, e nem cruzou com algum bêbado ou se deparou com cenas selvagens de sexo durante seu trajeto até a churrasqueira. Falando em churrasco, lembram que eu pedi para vocês guardarem a frase "É claro que eu sei cozinhar! Que pergunta..."? Pois bem, a carne estava um verdadeiro charque. Mesmo assim todos comeram e, por conta disso, beberam muita cerveja. Eu achava que a bebida ia acabar cedo demais, até abrir a caixa d'água e ficar mais tranquilo. Tranquilo a ponto de sortear as mochilas que o CAAD fez entre os calouros e ir dançar funk com a galera.

Foi nesse meio tempo que a Mei me lembrou da aposta que fez no ENENUT e me cobrou. Como sou homem de palavra, cumpri. E tem ibagens! Fora isso, a pegação rolou solta. Teve calouro pegando caloura, relações internacionais e muito mais. 1007 era pouco! Estava tão parecido com nossa querida "boite chik" que até dançamos a Dança do Pescador, a Dança do Badalo e a Dança da Minhoca, ao som do Bonde das Cabeçudas:


O Bonde segue sua Nau!


Dancei tantro que cheguei a rasgar minha calça jeans [?]. O pessoal foi ficando bêbado até cair, ou dormir nos sofás, ou quebrar a porta do CARI.



Olha, estudante de Adbinistração realiza tentativa de arrombabento do Centro Acadêbico de Relações Internacionais. O jovem, provavelbente embriagado, não foi reconhecido pelos presentes na festa. Há! Quer dizer... UBA BAAAARBARIDADE! Cadê a DESEG? Cadê a Delegada? Bas isso é um absurdo! Esses vândalos têm que ir pra cadeia! Ééé... Em resposta os acadêbicos do CARI organizaram uba banifestação. Acompanhem, NA TELA!

"Ados, ados, ados! Estamos arrombados"


Tivemos novamente a Taça do Mundo, numa versão mais "potável". O Caio trouxe seu Narguile para animar mais um pouco, assim como o Kretzer com seu iPod. Eu trouxe... Bem, deixa pra lá.

Logo já era umas duas da manhã quando a maioria estava indo embora. Alguns se recusaram, pois ainda havia muita cerveja e, para que aquilo não chocasse, fizemos esse sacrifício. Só não sabíamos que isso duraria até a manhã. Marcava 6:32 no relógio quando a última garrafa foi aberta. No dia seguinte a maioria estava de ressaca até a noite, ou meio bêbado. Mesmo termos bebido aquele monte de sobras, teve gente que chegou a dar PT no carro, o que não é legal. O que a gente não faz pelo bem de todos, não?

E assim começa mais um semestre. Bem-vindos calouros (ou não)!

Informes HUFSC: Happy Hour da Recepção Integrada CSE-CCJ

Essa é a primeira oportunidade de encontrar todo mundo após as férias: aquela gatinha que você tá de olho, aquele cara chato que tá te devendo grana, a anã lésbica, o Cintra (bom, ninguém tá tão afim assim de encontrar o Cintra)... Por isso não perca!



AINDA HOOOOOOOUJE!

HUFSCotidiano (6)

Última semana de férias... Pois é, nem tudo é pra sempre. Mas eu conheço uma galera que nem descansou nessa época do ano: os membros de Centros Acadêmicos de LUTA!

Reuniões, reuniões, reuniões... Todo dia uma nova para você. Reunião para decidir coisas que variam entre camiseta, tema, palestrantes, festas, patrocinadores e permanência de pessoas no grupo de emails. Sim, até sobre isso se discute. Mesmo assim, com pouco tempo para tudo, arrumamos algum para nossa diversão.

No último domingo aconteceu o churrasco do CAAD com o CACiC. Bom, a festa até que foi tranquila. Ficamos conversando e falando mal de várias pessoas, como sempre, enquanto eu tentava assar os pedaços de carne congelados por culpa do Marcelo. Como sempre tiveram alguns malditos que levaram violão. Violão é a coisa mais chata do mundo! Por que? porque sempre tocam AS MESMAS músicas! Sempre tem Raul, Legião, Mamonas, Djavan, Capital Inicial... Um grande saco!

A calmaria foi longa, até que a uma certa altura decidimos acabar com aquilo tudo, começando com as brincadeiras etílicas com Maracujá Joinville. Primeiro foi CS, onde as pessoas têm que falar uma palavra relacionada à última dita, mas que não comece com C ou S. Depois fomos pra mais radical: Eu nunca. Uma pessoa fala algo que nunca fez, e quem já fez aquilo bebe. E aqui acaba o relato, pois não me lembro de mais nada até acordar atrasado para o trabalho no dia seguinte. Me contaram que eu lutei karatê com o Ferreira, falei com a mãe da Karen pelo telefone e deram tapas na minha bunda enquanto eu dormia. Porém algumas coisas ainda não fazem sentido, como meus joelhos roxos e o pedaço de churrasco dentro da minha cueca. Mas tudo bem, terei minha vingança.

Falando em bastante Maracujá Joinville, nesse fim de semana acontecerá o Churrasco de Recepção dos Calouros 2010.2 de Administração. Como na vez passada, teremos muita história para contar na semana que vem. Aguardem!

Esses dias vi o Eduardo configurando a internet wireless em um computador e conferi um tutorial disponível no site do RAS. Eu achava que fazia montagens toscas aqui no blog, mas o Jaime do NPD me surpreendeu pela qualidade e fácil compreensão:


??????????????????

Após a reforma dos CAs do anexo, um grande volume de entulhos se amontoou por lá. Mas pelo menos agora somos os únicos na UFSC com um caixa de Happy Hour oficial, além de paredes novas. Só que alguém tem que limpar aquilo tudo. É por isso que o HUFSC lança um novo evento...

Não vai perder, hein?


Vamos às notícias da AGECOM:


Dissertação analisa abordagem da mídia sobre a prática do sexo sem camisinha
´Barebacking sex: a roleta russa da AIDS?`, de autoria de Paulo Sérgio Rodrigues de Paula, será lançado no dia 25/08, às 19h, no Centro de Cultura e Eventos.

Tá dentro ou tá fora?

UFSC colabora com pesquisa sobre saúde bucal no país
SB-Brasil 2010 é realizada em todo o território nacional e a Universidade é responsável pelo estudo em Santa Catarina e Rio Grande do Sul

É impressão minha ou podemos relacionar essa notícia com a de cima?

TENSO



Corram para as colinas!!!





Duvida?
Clique aqui.